Minhas Canções.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Até Breve...


Sentada olhando o mar...
O vai e vem das ondas me mostra que nada é definitivo ou para sempre.
Que tudo se modifica nos segundos vividos,

O que fica...
Sorrisos...
Palavras...
Humor...
Olhar...
Cheiro....
Sabedoria passada....

Você foi como um passarinho que se lança em um voo e sobe em rumo ao céu límpido e claro.
Você foi...
Mesmo sem querer, você foi...

Agora junto com tudo que ficou, a saudade vai ser uma companheira, trilhando o caminho junto com esses novos passos...

Não te disse adeus.
Te disse até breve pai.
Até breve...
Lunna

8 comentários:

  1. Lunna: Lindo adorei ler e também gostei da paisagem do mar.
    Bejos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  2. Linda e comovente despedida! Triste perda! Fica bem! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga, agora é me acostumar com a saudade que ficou.
      Bjs

      Excluir
  3. Este pássaro agora está livre, como todos nós seremos um dia.
    Desejamos paz pra você...e esperança no silêncio de seu coração.
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigos Bíndi e Ghost, agradeço pelo carinho ao logo desse caminho.
      Bjs

      Excluir
  4. Tutto bello Lua. Passo per darti un caro saluto otre che ad apprezzare le poesie che pubblichi. Un abbraccio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que a Deusa, que a segura no colo, lhe sopre esperança aos ouvidos, e calor de mãe ao coração. Um beijo com carinho e amizade

      Bíndi e Ghost

      Excluir

Peço que se identifique, pois comentário ANÔNIMO é igual chamada restrita, você não sabe da onde vem e como retribuir.

Bençãos da Deusa.
Blessed be!!
Lua.