Minhas Canções.

terça-feira, 31 de março de 2015

Saudades de Você...


Estranho o que o tempo faz...
Já não consigo lembrar mais do seu cheiro...
Do som do seu sorriso...

E isso me deixa meio louca, porque sinto muito mais sua falta hoje.
Me sinto tão culpada por sentimentos desencontrados que se chocam dentro de mim. Eu entendo que você não teve escolha, mais isso não ameniza minha saudade.
Ainda hoje sinto raiva e totalmente impotente por ter tido sua vida escorrendo como água pela torneira e indo embora.

Nunca fiquei de "Mal" com Deus por ter te levado de mim, mais tem dias como esse mês, como hoje, que sua falta dói tanto, que a saudade me sufoca de uma maneira que a impressão que tenho é que estou me afogando em um mar e não consigo emergir.

Sinto tanta falta do seu colo, e o mais terrível disso é que sua imagem muitas vezes foge da minha lembrança, como uma foto antiga, não consigo lembrar direito do seu rosto, e isso é assustador, pois só consigo me lembrar dos seus últimos instantes, da sua face de dor, de não querer ir, de não querer nos deixar, mais não podendo fazer nada quando a isso.
Sua última lágrima ainda me persegue depois de tantos anos, aquela lágrima congelada no seu rosto nunca caída.... 

Tão pouco tempo você esteve presente, mais passou tanto amor, acho que por isso dói tanto tua ausência. Sei que um dia iremos nos encontrar, mais sinceramente nesse momento atual isso pra mim não é consolo. Tenho todo direito de alguns dias ficar puta pela sua partida prematura, ficar com raiva, muita raiva... Mais também sei que isso faz parte da evolução pessoal.

Nada vai mudar isso, sua falta nunca será suprida, alguns dias realmente vai ser difícil respirar, mais nesses dias vou tentar recordar com muita força do seu toque, do seu sorriso e vou dormir somente com essas lembranças, para que o novo amanhecer possa vir um pouquinho mais leve...
Lunna
(20/03)

Na minha visão " o tempo" não cura nada, ele faz com que nos acostumemos com a falta daquela pessoa, mais isso não é indicativo de esquecermos.

A fé, no meu caso, a minha fé é outro fator que sempre me ajuda nesses momentos de introspecção da dor.

Não sou uma pessoa que cultiva a dor da perda permanentemente, mais tem alguns dias que a saudade fala muito mais alta e, essa saudade abre a comporta da dor adormecida pelos anos, ai só caneta, papel e lágrimas aliviam para poder recomeçar novamente um novo dia.
Beijos amigos meus.

10 comentários:

  1. Olá, Lua!
    Saudades de ti, cade vc no Face?
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga querida saudades de vocês, estou um pouco afastada das redes, dando atenção em outra área que estava um pouco negligenciada, mais continuo com o link "Lunna Rocha", entrando de vez em quando...kkkk
      Beijocas

      Excluir
  2. Amiga,

    Após tantos anos, não me esqueço da voz do meu pai, nem do meu tio, nem da voz meio rouca e do sorriso de minha tia. Mas a saudade, nossa... parece ser infinita.

    Não sei de quem vc sente falta, mas eu a compreendo.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissym amada, esse mês que passou foi um mês bem complicado.
      Essas palavras minhas reflete anos de saudades da minha mãe que me deixou muito, muito cedo.
      Agradeço seu carinho amiga.
      Bjs

      Excluir
  3. Olá Lunna,

    Emocionei-me com o seu sentido texto, pois não pude deixar de visualizar os últimos dias de minha mãe neste mundo. A dor da perda é terrível. Mesmo que suavizada com o tempo ela volta para nos assombrar. A saudade será eterna, mas a aceitação de qualquer perda deve acontecer em nosso coração. Para tudo há um tempo assinalado neste mundo. Inconformismo ou raiva afetam nosso equilíbrio, distanciando-nos da paz que necessitamos para prosseguirmos em nossa jornada.

    Abençoada Páscoa!

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga Vera, essas palavras foram para o papel em um dia de muita saudade e emoção.
      Passe os anos que passar sempre há alguns dias que a "falta" fala mais alto.
      Agradeço o carinho das palavras, pois sei que não sou a única a sentir falta de uma ser tão importante,e quis compartilhar aqui nesse meu espaço que amo tanto, um pedacinho da minha alma.
      Beijocas

      Excluir
  4. Oi querida
    Dizem que o tempo cura nossas dores mas nesse caso em especial nada pode minorar. E é assim... um dia a saudade dói mais e noutros um pouquinho menos
    Que você tenha forças para suportar essa dor que lhe corrói o coração
    Beijos com meu especial carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracita querida agradeço o carinho das palavras amiga.
      O tempo só nos ajuda a passar, adormece a saudade, mais não cura.
      Beijocas no coração.

      Excluir
  5. Desejamos que estejas bem...!
    Beijos com o luar de maio.
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia de casa vez... Assim que sigo amigos.
      Estou bem amados.
      Beijocas

      Excluir

Peço que se identifique, pois comentário ANÔNIMO é igual chamada restrita, você não sabe da onde vem e como retribuir.

Bençãos da Deusa.
Blessed be!!
Lua.