Minhas Canções.

segunda-feira, 12 de março de 2012

As Nações do Candomblé


Pintura pescada na Net. Não sei o nome do pintor.

Os negros escravizados no Brasil pertenciam a diversos grupos étnicos, incluindo os yoruba, os ewe, os fon, e os bantu. Como a religião se tornou semi-independente em regiões diferentes do País, entre grupos étnicos diferentes evoluíram diversas "divisões" ou nações, que se distinguem entre si principalmente pelo conjunto de divindades veneradas, o atabaque (música) e a língua sagrada usada nos rituais.
A lista seguinte é uma classificação pouco rigorosa das principais nações e sub-nações, de suas regiões de origem, e de suas línguas sagradas:
Nagô ou Iorubá
* Ketu ou Queto (Bahia) e quase todos os estados - Língua Yoruba (Iorubá ou Nagô em Português)
* Efan na Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo
* Ijexá principalmente na Bahia
* Nagô Egbá ou Xangô do Nordeste no Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Rio de Janeiro e São Paulo
* Mina-nagô ou Tambor de Mina no Maranhão
* Xambá em Alagoas e Pernambuco (quase extinto).
* Bantu, Angola e Congo (Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul), mistura de línguas Bantu, Kikongo e Kimbundo.
* Candomblé de Caboclo (entidades nativas índios)
* Jeje  – A  palavra Jeje vem do yoruba adjeje que significa estrangeiro, forasteiro. Nunca existiu nenhuma nação Jeje na África. O que é chamado de nação Jeje é o candomblé formado pelos povos fons vindo da região de Dahomey e pelos povos Mahis ou Mahins. Jeje era o nome dado de forma pejorativa pelos yorubas para as pessoas que habitavam o leste, porque os mahis eram uma tribo do lado leste e Saluvá ou povos Savalu do lado sul. O termo Saluvá ou Savalu, na verdade, vem de "Savé" que era o lugar onde se cultuava Nanã. Nanã, uma das origens das quais seria Bariba, uma antiga dinastia originária de um filho de Oduduá, que é o fundador de Savé (tendo neste caso a ver com os povos fons). O Abomey ficava no oeste, enquanto Ashantis era a tribo do norte. Todas essas tribos eram de povos Jeje,(Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo) - língua ewe e língua fon (Jeje)
* Jeje Mina língua mina São Luiz do Maranhão
Termos étnicos como nagôs, jejes, angolas, congos, fulas, representavam identidades criadas pelo tráfico de escravo, onde cada termo continha um leque de tribos escravizadas de cada região.
Fonte: Wikipédia

Falar sobre essa Religião é muito difícil, pois é muito vasto.
O Continente Africano, até hoje, são muitos povos, vários idiomas e dialetos, várias culturas.
Muitas regiões não existem mais, muitas "Tribos" foram extintas. E com essa extinção, o culto de determinados Orixás praticamente sumiram, pois toda a base religiosa, tinha sido capturados, escravizados e deportados para Países como o Brasil.
Achar que um ser humano é inferior a você por causa da cor da pele, da linguá, da cultura é uma completa ignorância, mais tem a desculpa, se pode falar assim, de séculos atrás, mais e hoje em dia???
Não existe mais "Navio Negreiro",  mais ainda existe tráfico de gente.
Seres Humanos que se acham mais importantes do que outros.
Racismo de cor, de raça, de credo,  de posição social.
Pré-conceitos estabelecidos a partir de opiniões sem nenhum fundo de verdade, e que muito se apegam como se fosse únicos.
Vamos praticar mais o amor, a tolerância e principalmente o respeito as opiniões dos outros.
A sua verdade é só sua, você não pode obrigar os outros a aceitarem, você pode até mostrar sua posição, mais dizer que é única, isso não.
Abraços de paz.
Lua.

14 comentários:

  1. Ôi Lua! Parabéns pela escolha do tema! Gostei muito do texto, bem esclarecedor! Obrigada pelo carinho! Ótimo início de semana! Bjão! Ah! Teu blog possui aquelas letrinhas chatas da verificação de palavras para poder comentar! Agora são duas! Porque você não tira?
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida pela visita e pelas palavras.
      Já retirei as letrinhas, rsrs.
      Beijos de flores.
      Lua.

      Excluir
  2. Oi amiga tudo bem aqui estou na paz de deus mais tranquila digamos assim adoro vir aqui e sempre que posso dou uma passadinha mesmo quando não da pra deixar nem um comentário adorei a explicação sobre o candomblé pra ti uma mensagem Dia internacional da mulher
    Festa, flores, perfumes, encanto e magia, hoje, vamos comemorar... vamos agradecer ao tempo, que fez a mulher enfrentar a vida, conviver com o homem lado a lado, estabelecer limites, distribuir alegria e sentimentos, ensinar o lado bom da vida, ensinar que a cada dia é o espelho, é o recomeço ou o fim de uma experiência, é passar aos filhos que tudo é possível quando o amor está aliado à verdade, ao equilíbrio e à gratidão.

    Dia Internacional da Mulher, dia do auto-respeito, dia do respeito a figura feminina, dia que expressa o coração humano na forma de um ser que abraça o mundo em todas as direções, conforta o seu semelhante, distribui afeto aos amigos e familiares, recebe os filhos como parte integrante do seu corpo, divide seu coração com seu companheiro, realiza tarefas domésticas e atua nas mais diversas profissões, estimula, deseja, vence preconceitos.

    Sempre que distribui sorrisos, recebe a fonte desejada, recebe a energia que estimula o mundo, é a energia do reconhecimento, hoje a mulher conhece seu real valor, é a busca da auto-estima, do auto-respeito, da gratidão pelo criador, que a fez com tantos dons a exercer, ensinar e a viver.

    Acredite nos seus dons de mulher, viva com alegria, com sutileza, não permita que nada transforme o brilho do seu magnetismo interior e sempre use a força feminina que levanta e sustenta o alicerce da vida, que é o desejo, o propósito de sua alma, alcançar a felicidade no âmbito emocional e nas realizações que compõem todos os níveis físicos da sua caminhada, seja feliz, seja autêntica, mesmo que tenha que enfrentar limites, dificuldades ou preconceitos.

    Chegará o dia em que, com certeza, você, mulher, encontrará o seu sonho, o seu ideal, tudo estará perfumado e os momentos serão mágicos, confortáveis.

    Todos em uníssono vão embalar a música: "Parabéns a todas as mulheres de todos os locais do planeta Terra, parabéns as mulheres brasileiras que com fibra alcançam o dia-a-dia de uma jornada e sentem no peito a realização de cantarem a vida apesar dos obstáculos e dos empecilhos, abençoadas sejam todas com brilho, calor, luz divina e encanto e magia, pois todas as mulheres sabem que a estrela brilha sobre elas quando agem com o coração e pensam com a alma, pois o coração reflete a emoção que a alma realiza. Feliz é a mulher que conhece e aproveita o seu potencial com saúde, com beleza, com magia, com alegria e felicidade e transmite o seu conteúdo a todos os que ama, que admira, que estima, que trabalha, que passou por sua vida um dia, um momento, toda uma vida ou ainda vai passar".

    Feliz Dia da Mulher!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga linda fico muito feliz de te ver por aqui, e mais feliz ainda que esta conseguindo superar as provações que surgiram em seu caminho.
      Agradecida pelo belo texto, agradecida pela preciosa amizade.
      Beijos de luz em seu coração.
      Lua.

      Excluir
  3. Quanta informaçáo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida querida Lissette.
      Beijos de açúcar.
      Lua.

      Excluir
  4. MULHERES MARIAS
    Maria das Dores
    Maria das Graças
    Mulheres de todas as dores
    Mulheres de todas as graças
    Musas e veras
    Sangra e fecunda .
    Da à luz e afaga
    Amadas ou amordaçadas
    Em constante mourejar
    E ainda vivaz!
    Mistério da vida
    De mãos pungente
    Riem, que ainda
    Vincadas pela preocupação
    Choram com os lábios feito
    Um sorriso de primavera.
    Marias de todas as raças
    Marias de todas as cores
    Mulheres feitas de pedra
    Mulheres feitas de flores
    Mulheres feito borboletas
    Mulheres subjugadas
    Que ainda vestem a mortalha
    Em nome do amor escarniado.
    Mulheres mistério da vida
    Mulheres marias
    De todas as flores
    De todas sempre-vivas
    De todos malmequeres
    Sempre mulheres...
    Jane Freitas.
    Meu canto está em construçao
    obrigada pela visita
    O teu é pura magia,belíssmo
    Parabéns
    abraçoss
    Jane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida por belas palavras.
      Beijos de luz.
      Lua.

      Excluir
  5. Minha Amiga

    não perecbo nada do assunto!!

    lendo aquiri algum conhecimento, vago, amas adquirido!!

    passei para deixar minha marca de carinho que sinto por Ti

    sempre




    Beijo na alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida querida amiga.
      Beijos de borboletas.
      Lua.

      Excluir
  6. Oi amada Lua!!
    Passei aqui pra desejar á vc,uma semana maravilhosa!!!
    beijos no coração!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amada, agradecida pelo carinho.
      Beijos de luz.
      Lua.

      Excluir
  7. Querida amiga,
    Aplausos para você, por este post,falando do povo Yorubá e seus Orisás(Orixás).Assim como todos os povos e nações, o povo vindo da África deixaram aqui o seu legado.Uma religião que ainda enfrenta o preconceito,falam coisas absurdas sem ter o conhecimento.Uma religião que merece o respeito,pois o ser humano aprende a amar e a respeitar a natureza.Um frances chamado Pierre Fatumbi Verger(falecido)este tinha conhecimento e sabedoria,com vários livros editados e aclamados pelos grandes estudiosos, e doutores da psicologia.
    Parabéns amiga, que todos os Deuses lhe traga muito asé(axé.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga querida, agradecida pelas palavras.
      Essa religião ainda carrega muito preconceito por parte das pessoas que não compreende ou não querem enxergar a beleza dessa cultura.
      Beijos de flores.
      Axé.
      Lua.

      Excluir

Peço que se identifique, pois comentário ANÔNIMO é igual chamada restrita, você não sabe da onde vem e como retribuir.

Bençãos da Deusa.
Blessed be!!
Lua.