Minhas Canções.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

O paganismo segundo a minha visão.

A curiosidade é companheira do saber... Com limites...

* Sou uma praticante natural. Independente do nome, cresci rendendo homenagem aos Deuses, reconhecendo seu saber, valorizado seu aprendizado e, principalmente ouvindo, desde pequena que: "O que você fizer ao seu próximo volta pra você", não importa o que.

* O Paganismo, por si só gera muito preconceito pois não é uma religião da moda ou da mídia, e tudo que a maioria não conhece tem medo, e muitas vezes gera preconceito e taxação de estigmas. Por sermos um País católico, e seguidor de um Deus (masculinamente único), isso é mais complicado ainda.
Desde que o mundo é mundo o culto a Deusa já existia, com a evolução da humanidade e a entrada de outras religiões, o culto a Deusa foi mudando de nome, virando Deusas Gregas, Egípcias, Romanas, Santas, Nossa Senhora... Mais no final de tudo era a "Deusa",na sua forma mais jovem, ou na forma madura ou na forma anciã.

* A Deusa e o Deus são bem democráticos, eles não se importam com os nomes que se dá a "eles", desde que você a reconheça e renda sua homenagem com respeito e zelo. Pois se você consultar a história verá que foi se modificando os nomes, os cultos são os mesmo só que com outro nome mais a simbologia é a mesma. Desde do início dos tempos sempre houve perseguições a determinados cultos, então para eles continuarem praticando eles colocaram o nome que era aceito na sociedade.
* E isso é visto até hoje, é só observarem. Um exemplo bem visto foi os escravos que vieram do Continente Africano, com seus Deuses, cultos e eram vistos como pagãos, então para não sofrerem mais do que sofriam, incorporaram a "Religião Católica", com todos os seus "Santos" como faixada para na realidade poderem cultuar seus "Orixás".
* Os Deuses teve e tem vários nomes, tem várias cores, tem várias histórias, mais se observar bem de perto tudo se entrelaça e se complementa. Se Ele tem nome de Jesus, de Jeová, de Oxalá, de Cornífero, não haveria de ter problemas pois no final Deus é Deus com sua infinita bondade e justiça. Se Ela tem nome de Hectar, de Gaia, de Yemanjá, de S'tanna, de Virgem Maria, não faz a mínima diferença, pois tudo que ela prega é o amor infinito por todas as criaturas.

* Ela te ensina a conviver com harmonia com a natureza e, a tirar seu sustento sem destruir o seu meio ambiente.
* Ensina a conviver e respeitar as estações, que são essencialmente importante para o plantio, a colheita, a viagem...

* Todos os "Sabbat's" tem um por quê de existi; São datas importantes do calendário que usamos para cultuar, agradecer o fim de uma estação, dar boas vindas a estação que está chegando, e tudo é regado de comidas, amigos, familiares, pessoas que compartilhão ou não da sua crença, mais que respeita.
* As civilizações antigas Celta, Maia, Inca, Egípcia, indígena, já cultuavam os Deuses a milhares de anos atrás, e se observar a história dessas culturas, eram povos ricos no saber, na agricultura, na engenharia, na arquitetura, nas artes, na astrologia, astronomia. E a maioria delas foram destruídas por culturas ignorantes, mais com um poderio de fogo muito grande. A ignorância do "saber", ainda é um dos grandes males da nossa era.
* Um exemplo de intolerância:
Por aqui viveu um homem, que praticava o "espiritismo" chamado "Francisco Cândido Xavier", o Chico Xavier como todo mundo chamava, ele foi um exemplo de dignidade, fraternidade, doação, voluntariado, um homem bom. E foi sistematicamente perseguido por aquele que não entendiam a missão religiosa dele. Foi chamado de charlatão, pois se comunicava com os espíritos desencartados. E Ele nunca tinha uma palavra ruim para falar de ninguém, nem daqueles que perseguiam ele. Ele se deu inteiramente para ajudar a minimizar o sofrimento da pessoas, e confirmadamente acarinhou muitos corações destruídos. Ele deu amor só amor. Ainda bem que no final viram o grande valor desse ser humano maravilhoso, que passou por aqui, e a obra magnífica de inúmeros livros que deixou como legado.


* Hoje ainda para rendermos homenagem ao Deuses, se você não tiver um casa com quintal, fica muito difícil. Você pode ir a um bosque, uma mata, a uma cachoeira, no mar, mais sempre longe dos olhos curiosos, pois o preconceito e o pré-conceito estabelecido da maioria sempre pode gerar algum tipo de violência verbal ou pior física. E o culto é voltado para tantas alegrias, músicas, poesias, histórias, orações que não velem a pena ser interrompido por nada e nem ninguém.

* Mais sempre voltamos ao princípio a "Intolerância de alguns, sempre gerão grandes catástrofe". As guerras "Ditas Santas", todos os dias fazem milhares de vítimas.
* Por minha parte, vou continuar rendendo minha reverencia ao amor, a união, a fraternidade, a doação. Não, eu não sou perfeita, tenho meus momentos de ira, infelizmente, mais quando acontece me agarro no amor divino para expurgar esse mal, que me faz mais mal do que qualquer outra coisa.
* Essa é minha visão particular, ninguém é obrigado a aceitar como verdade, pois ela é minha, e só estou com partilhando com todos que por ventura não entendam. Então por favor não julgue para amanha você não ser julgada.

* E siga a lei: "FAÇA AOS OUTROS O QUE GOSTARIA QUE FIZESSEM A VOCÊ"
Bênçãos e paz.
Lua.

12 comentários:

  1. querida amiga, es un placer retornar a tu preciosa casa!

    comparto ampliamente todo lo que manifiestas en esta excelente entrada.

    un abrazo muy fuerte!

    ResponderExcluir
  2. Agradecida querida Patricia pelo carinho.
    Beijos estrelares.
    Lua.

    ResponderExcluir
  3. Amiga Lua adorei seu post, magnifico, realmente é pena haver ainda tanta intolerancia em relação as praticas que cada um de nós escolheu para render homenagem ao que a vida nos oferece.
    Beijokas de serenidade.
    Maria

    ResponderExcluir
  4. oi amiga adorei o texto eu so esperita vou no centro alan kardec muitos acham que e macumba a iginorancia e assim mesmo mas sou feliz assim la encontrei as respostas pra vida e fiquei muito feliz com esta postagem pois esclareçe muito bj boa semana....

    ResponderExcluir
  5. Pois é amiga, infelizmente o mundo está cheio de intolerâncias, religiosas, política, etc...
    Beijocas querida Maria.
    Lua.

    ResponderExcluir
  6. Que bom amiga "palavrasmágicas", que é feliz com o caminho que escolheu. Realmente não importa qual região você siga, seja "candomble, espírita, umbanda, judaica, católica..." sempre vai haver alguém que por não entender vai te criticar.
    O Ser humano tem que evoluir muito ainda...
    Beijos mágicos de paz.
    Lua.

    ResponderExcluir
  7. Olá amiga Lua, adorei este seu post! já vi agora o meu mail, obrigado vou seguir os passos, amei a imagem do link-me do meu blog, vamos ver como é que eu me saio agora a colocar o seu link-me. Lua claro que pode e deve colocar aqui o meu post sobre a Somália, fazendo isso estamos todos a ajudar. Agora eu concordo plenamente consigo, eu sou budista e tento ser pacifica, digo tento, porque viver numa grande cidade onde todos os dias temos de nos confrontar com situações e pessoas dificeis, não é fácil manter a calma e serenidade e acima de tudo manter o controlo sobre as nossas emoções, mas tento todos os dias disciplinar a minha mente para o conseguir. Eu não tenho problemas em admitir que presto culto à Deusa e à Mãe Natureza, mas muitas pessoas tem problemas com isso, eu e os meus filhos já fomos marginalizados por eu ser diferente nas minhas atitudes, e é claro que como moro num apartamento e não tenho quintal, não faço nada de extraordinário em público, tenho o meu altar em casa, faço minhas orações, festejo Sabats e tenho dias consagrados, mas tudo dentro de casa, agora porquê somos marginalizados? eu creio e posso comprovar através das minhas amizades, que todas as pessoas que como eu e você respeitam a natureza e homenageiam a Deusa seja qualquer que for a sua forma, são pessoas pacificas e integras, respeitadoras e agradecidas pelo que temos, quem têm este tipo de ideologia é prestável na sociedade e gosta de fazer o bem! Então eu sempre digo para os meus filhos, as pessoas que não nos entendem nem compreendem o nosso modo de vida, não são boas pessoas regra geral, porque fazer o bem, é muito dificil e duro, agora fazer e praticar o mal é fácil, o pior é que o mal que fazem retorna sempre para eles, e algumas pessoas julgam que são intocáveis e que estão acima das leis da natureza, mas mais cedo ou mais tarde descobrem que estavam erradas. Eu e a minha familia adoramos ser positivos, emitir boas energias, ajudar quem precisa, seres humanos, plantas ou animais, porque nos dá de volta o maior tesouro que existe no mundo e não se pode comprar, o amor e o sorriso de quem recebeu nossa ajuda e conseguiu seguir em frente, esse sorriso só para mim vale OURO!
    Desculpa Lua, já escrevi demais, mas eu sou mesmo assim...
    Obrigado por tudo amiga e
    Beijinhos com raios de sol
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  8. Minha querida amiga Ana Maria, fiquei muito feliz com o seu depoimento, agradecida pela sua amizade.
    Vamos continuar espalhando amor, pois o bem que fazemos aos outros, faz mais bem a nós mesmas.
    Beijos de calêndula.
    Lua.

    ResponderExcluir
  9. Lua,

    minha mãe sempre me ensinou que todos somos iguais, que devemos tratar todos da melhor forma possível...
    Principalmente aqueles de quem não gostamos muitos, pois geralmente são estes que nos ensinam muita coisa...
    Bom, eu concordo plenamente contigo no seu post e o adorei mesmo.
    Minha irmã durante muitos anos procurou uma religião e hoje, cultuando a Deusa, a magia, que se achou...
    Eu realmente acredito no que você escreveu...
    Os nomes mudaram, os rituais, mas são os mesmo Deuses ou Deusas...
    Acredito que devemos nos unir e não nos separar...
    Devemos aprender a nos aceitarmos, a nós mesmo e aos nossos como somos e são.
    Hoje, nesta terra tão longínqua da que nasci, onde raças se misturam, onde o Brasil todo se mistura, vejo como as pessoas se debatem, se agridem por suas diferenças culturais, regionais, religiosas...
    É uma pena, pois somos todos irmãos e devíamos aprender a nos amarmos e nos aceitarmos...
    Mas, tenho fé que todos nós, a humanidade está crescendo, evoluindo para algo melhor!!!
    Pois somos filhos de um Deus, de uma Deusa...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Querido "Nós,os cachorros", sua mãe é uma mulher sábia, e com certeza ela fez um ótimo trabalho educando os filhos. Fico muito feliz por você compartilhar suas experiências. Acreditar sempre que a humanidade vai evoluir para melhor!
    Beijos de anis.
    Lua.

    ResponderExcluir

Peço que se identifique, pois comentário ANÔNIMO é igual chamada restrita, você não sabe da onde vem e como retribuir.

Bençãos da Deusa.
Blessed be!!
Lua.