Minhas Canções.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Animais do poder


"Se você falar com os animais, eles irão falar com você.

E assim, vocês conhecerão um ao outro.
Se você não falar com eles, não os conhecerá...
...E aquilo que você não conhece, você teme.
... E aquilo que se teme, se destrói.”
(Chefe Dan George)


Os animais são vistos como arquétipos, símbolos de energias que existem e que podemos encontrar e manifestar dentro de nós.
A sabedoria existente em um animal específico, não está necessariamente ligada com sua aparência ou com os pré-conceitos e crenças criados a respeito do mesmo pelo homem.
Cada pessoa tem seu “animal de poder” ou “totem”, que corresponde às características que aquela pessoa necessita desenvolver, aprender e manifestar em si em determinado momento de sua vida. O animal de poder é requisitado em todos os trabalhos xamânicos.
O animal de poder é que escolhe a pessoa e não o contrário. É importante não deixar que o ego interfira no seu processo de encontro com o animal de poder. Muitas vezes a pessoa deseja que seu animal de poder seja o mais bonito ou mais forte em sua opinião, e esses desejos do ego acabam atrapalhando a apresentação do animal que ela realmente necessita.
É importante lembrar que nenhum animal é melhor ou pior que outro.
Uma vez que se descobre o animal de poder, devemos estabelecer um relacionamento com o mesmo. Deve-se invocá-lo para realizar suas tarefas, visualiza-lo freqüentemente perto e dentro de você, e buscar aprender a desenvolver e manifestar suas características.
* Lembrar que ao invocar o animal de poder, não invocamos algo que vem de fora, e sim aquele animal dentro de nós.
Apesar de todos termos um totem específico, outros animais podem se apresentar para determinada pessoa, dependendo do trabalho que a mesma está realizando.
É muito importante estarmos atentos aos sinais e mensagens que o arquétipo do animal está nos passando. Eles podem aparecer em sonhos, jornadas, no seu dia a dia, na mente, etc...
Também é importante estarmos atentos para a forma que a animal se mostra: tamanho, estado de espírito, cor, saúde, olhar , movimento, etc... Para aprofundarmos nas características de um animal e compreendermos a completude do que ele tem para nos dizer, é interessante estudarmos o animal: seu habitat, hábitos, o que come, medos, presas, sons que manifesta, etc...


O meu animal veio pra mim naturalmente, sem nem eu mesma ter noção disso,ou ter feito nenhum tipo de invocação pra isso acontecer.
Sonhei com ele 3 dias seguido e coinsidentemente 3 dias antes do Sabbat Samhain.
E só depois disso tudo, estudando e lendo, é que descobrir que o meu animal do poder tinha me escolhido e já fazia parte de mim.
Não é maravilhoso!

Beijos a todos, com as bençãos da natureza.
Lua


4 comentários:

  1. Lua, tenho tanta coisa pra te perguntar...esclarecer...mas por e-mail é mais fácil e não é público. Escreve pra mim pra eu salvar o seu e-mail e entrar em contato com vc! caphenriq33@yahoo.com.br
    Muito grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, em breve te mando o e-mail.
      Abraços de luz.
      Lua.

      Excluir
  2. Olá. Sou Celeste
    Entrei hoje pela primeira vez neste blog e adorei.
    Sei que a cada um de nós corresponde um "animal de poder".
    Gostaria de saber como posso encontrar o meu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celeste, comigo foi tão natural, que só depois de um tempo que descobrir que era meu animal de proteção e poder.
      Vou te dizer o que sempre fiz. Muita meditação,pois abre todos os canais,quando nos encotnramos tranquilos e com a mente limpa de todos os pensamentos. E invoque a Grande Mãe, misericórdia,para que ela te mostre seu animal do poder. É assim que sempre fiz e foi assim que as coisas naturalmente vieram para mim.
      Boa sorte.
      Abraços de luz.

      Excluir

Peço que se identifique, pois comentário ANÔNIMO é igual chamada restrita, você não sabe da onde vem e como retribuir.

Bençãos da Deusa.
Blessed be!!
Lua.